Procure Edições Antigas

domingo, 1 de janeiro de 2012

Quando Grandes Mudanças se Fazem Necessárias!

"Uma menina me ensinou
Quase tudo que eu sei
Era quase escravidão
Mas ela me tratava como um rei
Ela fazia muitos planos
Eu só queria estar ali
Sempre ao lado dela
Eu não tinha aonde ir

Mas, egoísta que eu sou,
Me esqueci de ajudar
A ela como ela me ajudou
E não quis me separar
Ela também estava perdida
E por isso se agarrava a mim também
E eu me agarrava a ela
Porque eu não tinha mais ninguém
E eu dizia: - Ainda é cedo
cedo, cedo, cedo, cedo."


(Ainda é Cedo - Legião Urbana)

Sabe quando chega uma hora em que as coisas tomam um rumo que você não previa, mas já passou tanto tempo que mudar o percurso já se tornou um dos trabalhos de Hércules? É muito difícil lidar com situações desse tipo, pelo menos quando nunca se viveu isso antes...



Aí é que está o problema... Será que eu nunca vivi isso antes? Esses dias, conversando com minha irmã, eu me lembrei de uma grande amiga de infância, a Víviam. Já falei dela antes aqui no blog, nós éramos "namoradinhos", fomos criados juntos até o início da adolescência. Minha afeição pela Víviam sempre foi muito grande, principalmente entre 5-6 anos de idade, em que ela era a minha única companhia aqui nesse bairro. Ela era criança, mas era esperta que só ela, usava essa afeição que eu sentia por ela em seu favor, e me chantageava...

Eu me lembrei desse tempo, dessas histórias... É como perder o controle da situação, sabe? É como se o outro tivesse você na mão e te utilizasse como fantoche. Não que o outro queira o seu mal, pelo contrário... Ás vezes justamente por querer seu bem, o outro chega e toma as rédeas da situação. Ás vezes você mesmo, por sua maneira de pensar e agir, por imaturidade, por passividade, deixa que a situação vá por um caminho perigoso, que não deveria ir. Não é de má fé, isso com certeza não é...

Daí, quando um dos lados começa a se prejudicar, começa a sofrer, agente percebe que as coisas não estão certas do jeito que estão. Alguma coisa precisa mudar, antes que esta estrada dê num precipício e não sobre mais nada daquilo que sempre foi tão bonito. O problema é que quando nos damos conta de que grandes mudanças são de fato necessárias, já passou tempo suficiente para tornar essas mudanças o mais árduo dos trabalhos. E põe árduo nisso... 

Quando se trata de alguém que agente ama de verdade, a coisa piora mais ainda. Vem o medo de magoar, o medo do novo, das mudanças na verdade... Deve-se agir com cautela, pois somos humanos, e a chance de erro é grande. Não se pode errar nessas horas. É preciso ser firme, preciso, até um pouco frio e calculista... Não é tão fácil assim equilibrar uma balança, antes você precisa ter a sensibilidade dos pesos. É uma tarefa quase impossível, sim... Mas tenho certeza que valerá muito a pena, como tem valido muito a pena todo esse tempo em que estive nessa estrada, por mais que eu tenha planejado um caminho diferente do que o que foi tomado...


Senti saudades daqui... E dos amigos, é claro! Q venham os próximos (Posts)! :D

Um grande beijo a todos... Até o próximo...

8 comentários:

Serginho Tavares disse...

pois é meu amigo, o segredo é o equilíbrio algo muito complicado de se conseguir, apenas errando muito e aprendendo com os erros conseguimos chegar neste grau de experiência

beijos e mais uma vez, feliz ano novo!

FOXX disse...

gente, e Deus sabe do q vc tá falando né?

Cara Comum disse...

Bom, é por isso que "é preciso estar atento e forte"...

Afinal, em 99,99% das vezes isso é uma escolha da gente, como vc mesmo disse: "Ás vezes você mesmo, por sua maneira de pensar e agir, por imaturidade, por passividade, deixa que a situação vá por um caminho perigoso, que não deveria ir."

Por isso, vigia, amigo, vigia!

Abraços!!

Edu disse...

Meu caminho é cada manhã. Então vai com calma, mas seguro e firme. Nada é tão impossível como a gente imagina: é que a gente vê filme/novela demais! :-) Feliz 2012.

melo disse...

quanto tempo não vinha aqui...quanto tempo você também e volto assim com tudo isso aqui assim?

mas, nem sei o que dizer pois precisava saber mais, só posso fazer coro no que dizem os aí de cima pois é assim mesmo, mas escolha o caminho bem e não olhe para trás...

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

saudades de ti menino ... q bom q voltou ... o segredo da vida está no equilíbrio e na determinação ... nada é fácil, mas tb nada é impossível ... qdo tratamos de emoções temos a tendência de imaginar tudo como em novelas ... aí danamos ... Edu tá certo ...

bjão e seja feliz querido ...

railer disse...

a vida é um conjunto de incertezas. e a gente, ainda bem, vai mudando para se adequar melhor a elas.

sad eyes disse...

E como são difíceis essas situações...
abc