Procure Edições Antigas

domingo, 2 de janeiro de 2011

O Dia da Presidenta




Bem gente, venho hoje com um assunto polêmico. Não vou fazer nenhuma análise profunda sobre o tema, acho que já o fizeram melhor do eu jamais poderia fazer. Vou apenas comentar alguns pontos que me deixaram profundamente incomodado. Então, comecemos pelo começo... xD

Eu, sinceramente, não planejava votar na Dilma antes do início da campanha. Eu queria mesmo era votar na Heloísa Helena. Eu sei que a nossa ex-senadora não agrada a muitos, mas ela fala de seus ideais com tanta paixão que eu acabei simpatizando com ela. Ela me passou a confiança que eu queria ter, e por isso já estava quase certo. Quando soube que a tia da Reforma Agrária não ia se candidatar esse ano, eu decidi pelo Ciro Gomes. Não sei porque, mas ele também sempre me inspirou muita confiança. Mas teve aquela confusão toda com o partido que eu nem sei o que aconteceu direito, e ele não foi.

Na minha frente, sobraram poucas opções. Eu não conhecia a Dilma direito, só sabia que ela era a Ministra Chefe da Casa Civil. A Marina então, eu sabia menos ainda, só fui saber que ela era ministra do Meio Ambiente durante a sua campanha. O Serra era o único que eu conhecia um pouco (ou achava que conhecia), ele era governador de São Paulo, e tinha sido Ministro da Saúde. Com relação ao governo de São Paulo eu não sei como ele foi, nem me preocupei em saber, não duvido de que ele tenha sido um bom governante, a julgar pela quantidade de votos que ele recebeu dos paulistanos. Mas eu conhecia ele como Ministro da Saúde, e sabia que ele tinha sido um bom ministro, mesmo eu sendo muito novo na época.

Logo, antes da campanha, eu tinha uma forte tendencia a votar no Tio Tucano, mesmo ele sendo um Tucano Neoliberal. Graças a Deus (E olha que eu sou Ateu, kkkk) veio a campanha política, e toda aquela palhaçada declarada do PSDB começou. Gente, o que eu recebi de spam no meu hotmail com as acusações mais absurdas à Dilma foi de impressionar. Apelaram para todo tipo de argumento, um mais tosco que o outro, de acusações de corrupção até atribuição religiosas (vocês sabiam que o Michel Temer é Satanista? O plano maligno dele é usar o poder do demônio para causar a morte de Dilma e ele assumir o Governo no lugar dela). Não vou nem falar nas propagandas ridículas que passaram no horário político. O PSDB se preocupou mais em atacar o Governo Lula e a Candidatura de Dilma do que em fazer propostas decentes.

Enfim, a campanha do PSDB foi deprimente, em todos os sentidos. Isso fez com que eu acabasse descartando de vez a possibilidade de votar num Tucano (ufa, me livrei de votar num Neoliberal, kkk). Mas eu ainda não tinha confiança de votar na Dilma. Só de falarem que ela ia continuar a proposta de governo do Lula já foi um grande ponto a favor da nova Presidenta. Mas ainda assim ela me era uma estranha, não tinha nem me dado ao trabalho de ir no Google pesquisar sobre sua vida. Então resolvi votar na Marina no primeiro turno, mesmo com aquela cara de crente tradicional, e mesmo eu a conhecendo menos que Dilma, eu sabia que ela não ia ganhar, e como um Brasil é um país que leva a democracia bem ao pé da letra, de modo que é um crime não votar, eu votei nela na Tia Ecológica tentativa de anular/não anular meu voto.

Bem, acho que esta explicação não colou, né? Pois é, nem eu mesmo entendi o que eu fiz no primeiro turno. Acho que eu não etava preparado para votar na(o) Presidente. Foi uma grande burrada, me arrependi no mesmo dia (foda isso). Mas ainda tinha o segundo turno para me redimir. É claro que no Mr. Toucan eu não ia votar mesmo, a cada dia de campanha, a simpatia que eu tinha por ele se tornava nojo, antes fosse apenas pelo discurssozinho classe média dele, mas pelas tosqueiras que ele falava do PT (quando ele envolveu os crentes nessa bagunça então, nem se fala). Então eu resolvi tomar vergonha na cara e pesquisar mais sobre a Dilma, afinal, era quase certo de meu voto ser dela.


Alguém já viu "Dora, a Aventureira"? Um desenho americano para crianças "latinas"? Pois quem viu, deve se lembrar do Mr. Toucan, um amiguinho de Dora que vive na Selva Latina...

Descobri muita coisa sobre a Dilma. Descobri que ela participou ativamente da resistencia à Ditadura Militar, e por isso foi impedida de entrar nos EUA por um bom tempo (isso não é irado?? xD). Descobri que ela não começou sua história política no governo Lula, ela já possuiu cargos políticos em Minas e no Rio Grande do Sul. Além disso, ela tem um currículo para ninguém botar defeito (só para não repetirem as asneiras e falta de respeito que fizeram com o nosso antigo presidente). Porém, o que foi determinante para ela ganhar meu voto no segundo turno foi seu posicionamento coerente com relação ao Aborto e aos Homossexuais, pelo menos no primeiro momento. Fiquei chateado quando ela procurou os crentes preconceituosos cristão fundamentalistas para discutir o NOSSO destino? A principio fiquei, e muito... Mas nada que uma pequena reflexão e um pouco de bom-senso não resolva. E de fato, um pouco de "diplomacia" é necessária em favor de um objetivo maior (agradeço a Madrina e a Lola para chegar nessa conclusão, blogs incríveis, não canso de dizer).

O fato é que a Dilma conquistou meu voto, e junto com ele, minha simpatia. Estou muito feliz de poder vê-la usando a faixa verde a amarela. Chego até a ficar meio zangado quando falam mal, ou jogam piadinha. Estou muito satisfeito de ter votado certo, mesmo que tenha sido da segunda vez. E quantos as especulações sobre a sexualidade da Presidenta, eu sinceramente, acho um absurdo. não porque eu não gostaria de ter uma Presidenta lésbica, pelo contrário, eu até gostaria bastante. O Problema é que as pessoas estão dando muita importancia a isso, como se o fato de ela ser lésbica fosse determinante para ela ser uma má governante. Ridículo, me sinto pessoalmente atingido, cada vez que chamam a Presidenta de Lésbica, assim de maneira tão pejorativa, é como se estivessem me chamando de Viado, de maneira igualmente pejorativa.

Bom gente, eu sei que tem muitos blogueiros que me lêem e que também gostam da Dilma. Mas eu também sei que muitos que passam por aqui prefeririam o Tucano. O que é fantástico, adoraria ver vocês ou me elogiando, ou adicionando fatos, ou me metendo o malho também. Eu gosto disso, de discussão, adoro quando falam bem, mas também adoro quando me criticam. Sinto que cada elogio, ou cada crítica, me faz um homem cada vez mais experiente, cada vez mais crítico... Por isso, conto com vocês para fazerem desse post um meio de crescimento, não apenas para mim, mas para todos nós...

Um beijo e um abraço a todos vocês... Até o Próximo post!

13 comentários:

Ro Fers disse...

Que boa história política hein, onde tu demonstrou sua opiniao, seu posicionamento, afinal por mais que alguns não gostam de falar sobre política, esse assunto é extremamente importante, querendo ou não somos todos beneficiados ou prejudicados com a politica, então temos mais que falar, questionar, exigir, enfim...
Eu nao entendo o tal motivo, mas sempre meus professores univeristários eram anti petistas...enfim, assim como o Lula supreendeu mtos, acho q a Dilma seguirá a mesma politica, afinal a equipe dela parece ser boa, apesar de que sempre tem uma laranja podre no grupo...
Forte abraço!

Cocada.g disse...

Pois é, tambem fiz igual a você no primeiro turno, votei em marina. E sou particularmente fã da Heloisa Helena. Me lembro no inicio dos escandalos de mensalão no goveno de lula, a Heloisa soltava o verbo e chingava os petistas e especialmente seu Lula abertamente.
A Marina tem uma historia de vida muito bonita tambem e deixou o PT por não se identificar mais com o partido que deixava de lado as questões ambientais.
O PT ideologicamente era um partido muito bonito, no entanto se transformou em algo ferramental e populista. A Dilma Rousseff tem um historia muito ativa durante a ditadura e militou muito nessa época. Acho que esse foi o motivo pelo qual Lula e o PT a escolheram como candidata. Esse é o grande problema! Dilma é por enquanto é pura imagem, militante, mulher, guerreira, mas não consigo ver isso quando ela discursa. Acho que por isso não votei nela.
Olha quem vai governar é a cúpula do PT então tanto faz se Dilma ou não!
Na proxima eleição acho que Lula vai retornar e tomara que Marina ou Heloisa voltem tambem!

abraços amigo!

wonderfulcauseiam disse...

Dilma, pelo pouco que eu conheci de sua pessoa na campanha política, muito me agradou. Mas eu não votei na Dilma ou deixei de votar no Serra por quem eles eram ou tinham feito. Eu votei na Dilma (nos dois turnos) simplesmente porque ela era a candidata do PT e no meu ponto de vista, esse é o partido com as ideologias mais coerentes com o Brasil.
É muita ilusão (falta de informação, na verdade) achar que quem governa o país é só o presidente e que basta ele sentar num trono tal qual um imperador que o destino do país ficará ao seu bel prazer. É muita falta de bom senso pensar assim e olha que a grande maioria o faz (e depois paga de revoltado com a política e elege Tiririca).
Se conscientizar e votar corretamente é uma coisa tão fácil, tão rápida, tão indolor, e que ajuda TANTA gente que precisa... Nessas eleições eu não votei pensando em mim, votei pensando nas classes E que viraram classe D, classes D que viraram classe C, votei pensando no Nordeste, que deixou de ser a vergonha do país pra virar o nosso orgulho, votei pensando no controle que a mídia tem sobre a população, votei pensando nas mulheres, votei pensando nas universidades, enfim, votei pensando em um monte de fatores.
E acho que todos deveriam fazer assim: pensar pra votar.
Beijos querido!

DPNN disse...

Um dos meus maiores orgulhos é nunca ter votado no PT - por uma questão de princípois, é claro: eu tenho, eles não.

Como nada pode ser pior do que o Lula, então a Dilma já sai com algum bônus.

FOXX disse...

vc só não explicou pq decidiu votar na marina né?

Júlio César Vanelis disse...

@Ro Fers: Valeu pelo comentário, só achei você muito imparcial... rsrsrs

@CocadaG: Por isso que eu gosto da Tia da Reforma Agrária... kkk... Ela fala mesmo. Eu não vou te dizer que simpatizo com o PT, ainda mais depois de tudo que houve de ruim do Governo Lula. Eu não votaria na Marina de novo porque, além de não conhece-la, eu não acjei a proposta do partido dela consistente. Talvez num futuro, o PV possa ser um partido mais realista com relação a suas propostas. Quanto a Dilma, eu não discordo de nada do que você disse, como disse o Thigo, logo abaixo, agente vota no Partido, e não na pessoa em si. É ilusão pensar que não haja corrupção em um partido, por isso eu não gosto dessa ideia de partido politico. Por mais que o PT possui uma ideologia admirável, não podemos negar que é um partido formado por pessoas, e pessoas erram, ainda mais considerando o histórico brasileiro de corrupção na política. Logo, vale mais votar em um partido com a ideologia admirável, que fez muito pelo Brasil (e isso não tem como negar, desculpa) e cheio de corruptos do que votar em um partido que, além de também estar cheio de corruptos, ainda possui uma ideologia podre e neoliberal.

@Thiago: O seu comentário foi muito bom mesmo. Você simplesmente disse tudo aquilo que eu não quis dizer para evitar fazer uma análise mais profunda, como eu disse no início desse post. Fico feliz que você, mesmo com a grande campanha do PSDB contra o PT em Minas Gerais, tenha votado com consciencia, e não por osmose de calúnia...

@DPNN: Eu entendo essa sua insatisfação, ou até decepção, mas ainda acho sua visão muito radical. Não te culpo também, e agradeço o comentário, novas opiniões são sempre muito bem vindas... kkkkk

@Foxx: kkkkk, tem toda razão Foxx. Sinceramente, acho que fui influenciado. Eu não queria votar na Tia Ecológica, mas acabei votando por insegurança de votar no PT. Se fosse hoje, depois de ver tudo o que eu vi, não teria feito isso, apensar de não ter nada contra a Tia Verde...

Beijos a todos, continuem a comentar!!! :D

Borboletas nos Olhos disse...

Bom, fico feliz que meu blog/posts tenham contribuído de alguma forma. Fico feliz que você pense. Fico feliz que você fale/escreva. E fico feliz que você continue refletindo porque a política é determinante pra nossa constituição subjetiva. Espero que haja oposição no Brasil que seja inteligente e supere o mimimi insuportável tipo: eu tenho nojo do Lula, porque argumento é um negócio bom pra caramba e, mesmo a modernidade estando meio fora de moda, o "Penso, logo existo" ainda é um bom mote. Eu acho que um princípio essencial é o respeito e a valorização da vida. E isso, meu afilhado, é que me fez vez após vez votar no único partido que tem materializado esse princípio em ação. É cômodo e confortável não ver a diversidade e a vulnerabilidade humana e generalizar comportamentos individuais como falhas partidárias e, concomitantemente, ignorar que milhões, milhões de pessoas têm uma vida mais digna porque uma gestão se preocupou com os caminhos de viabilziar isso. Sei que me estendi mas, quer saber, é isso mesmo. Sangue nos olhos e muita paixão é o que tenho por esse projeto em que todos possam comer e trepar com dignidade. Prontofalei#. Bjs

inconstanteblog disse...

Bem, eu estudei um pouco sobre a Dilma antes de votar nela no primeiro turno. E votei consciente. Sobre o Serra, não foi necessário estudar. Já o conhecia e o considero inapto.

Mas, claro, se ele ganhasse, não faria o maldito desejando que ele fosse a merda que eu esperava... Já que ele estava eleito, desejaria um bom governo para nós.

No segundo turno tive de justificar o voto, mas fiquei feliz com a vitória da Dilma.

Espero que seja sim um bom governo. Não tenho votos apaixonados. Mas acho que carecemos por discutir demais sobre presidenciáveis enquanto votamos sem pensar naqueles que tem grande poder sobre o futuro da nação: deputados e senadores.

Pelo pouco que conheço sobre os poderes executivo e legislativo, muito melhor ter um idiota na presidência (de qq partido) e uma câmara e senado sérios do que o super-homem como presidente e um senado e câmara de Tiriricas.

=D

Nina disse...

Excelente sua postagem.

Você acompanhou o meu raciocínio em minha atual postagem.

De uma conferida.

Abraço de NINA

BsVoxx disse...

Ler esse post, me enche de esperanças. Não na Dilma, mas na geração de novos gays ... Eu tenho um palpite pq mta gente votou na Marina no 1º turno. Infelizmente, não foi a sustentabilidade.
...
Nunca votei no PSDB e assemelhados, mas na campanha de FHC, em 1994, vi todos os programas e confiei nele.
...
A sujeira da Campanha Passada criou em mim, e em todos da minha casa, o sentimento de completa rejeição ao PSDB, semelhante ao que alguns tem com o PT e que eu nunca tinha sentido. A difamação foi clara e orquestrada, O atentado a bolinha de papel foi o ápice do surreal.
...
Por anos, desejei votar no Aecio, mas depois do q aconteceu ... Não mais!
...

Bruno disse...

Toda campanha é uma grande palhaçada.
Estou cansado, e essa eleição nenhum dos candidatos fez com que eu achasse que me representariam, que falariam a minha língua e que atenderiam os meus desejos.
Essa eleição me marcou com uma melancolia de que, por mais que os gays estejam tentando ganhar espaço, nós não tivemos voz ativa, ninguém quis nos apoiar no segundo turno e desvirtuaram a discussão para assuntos nada a ver.
Beijo

melo disse...

também votei na Marina e depois na Dilma.
essas questões polêmicas, aqui, ainda não se pode abraçar abertamente em campanha pois o país é católico o que é errado pois estado não tem religião.
enquanto a ben(mal)dita igreja mandar, nada acontecerá.
feliz 2011

Borboletas nos Olhos disse...

Afilhado domeu coração...amei seu comentário lá no borboletas, me senti abraçada, acarinhada e cuidada. Olha, quanto à lição, o tempo ensina, rsrsr. Mas não tem fórmula e ser assim, meio displicente como eu, talvez não seja a saída mais compreendida. É meio solitário, rsrsr. Beijos carinhosos